Como escolher uma loja para comprar Online

Publicado em 8/11/2011 por Pedro Villalobos

Mulher, Cerveja & Futebol

Final de ano, época de presentes e festas. As pessoas mais inteligente já estão se adiantando e fazendo as compras de Natal. E tem forma mais fácil e econômica do que comprar online? Mas isso pode vir acompanhado de diversos riscos.

Não é de hoje que ouvimos falar de sites que entregam tijolos ou que simplesmente não entregam os pedidos. Já tive problemas com alguns deles, inclusive famosos. A melhor forma de evitar esse tipo de transtorno é pesquisando a reputação da empresa antes de comprar. Para cada tipo de venda, online e até no meio físico, temos uma opção:

1- Checar reputação de lojas online e offline

Usando o Reclame Aqui, você pode buscar por lojas e prestadoras de serviço e ver o índice de reclamação que as mesmas recebem e, mais importante, o índice de resposta e solução. Nenhuma empresa existe sem problemas, mas a busca pela solução do seu problema é o que diferencia uma boa de uma má empresa. Confira essa imagem da posição do Submarino hoje (08/11/2011), quase todas as reclamações são atendidas, mas a taxa de solução não é tão alta. Isso não necessariamente indica que a empresa não vá lhe atender bem (eu mesmo nunca tive problemas lá e compro com bastante frequência).

Submarino no Reclame aqui

Para checar, basta acessar o site e buscar pelo nome da empresa. Caso o nome seja muito vago, tente colocar o nome completo e a área de atuação, como: “Tim Telefonia Móvel” ao invés de somente “Tim”.

2- Checar reputação de lojas online

Outra opção para quem quer checar reputação de lojas é o eBit, com funcionamento similar, mas que se baseia somente em pesquisa com clientes e não em reclamações feitas.

3- Reputação de vendedores online

Existem vários sites de leilões virtuais, mas nenhum é tão grande e conhecido como o Mercado Livre, nele você consegue saber exatamente a qualidade do vendedor através de medalhas e pontuação. Além disso também oferecem seguro através do Mercado Pago, o sistema de pagamento próprio deles onde você só paga após receber.

4- Dicas de amigos
Essa é a melhor e em geral mais confiável: pergunte a um amigo se ele indica alguma loja ou confirme se já comprou na loja que você está querendo. Aproveitando este gancho, aproveito para deixar duas dicas de lojas ótimas que sempre que possível faço uma compra:

Mulher, Cerveja & Futebol – Loja online especializada em produtos para homens, desde camisas até pen drivers e isqueiros muitos legais.

Chico Rei – Especializada em camisetas e adesivos bacanas, tenho uma coleção completa de tudo que sai lá, inclusive as camisas criadas pelo Felipe Tofani.

E você, o que procura antes de fazer uma compra de natal? Deixe seu comentário!

MapaRadar – De Adeus As Multas

Publicado em 30/10/2008 por Pedro Villalobos

Todo mundo já ficou puto triste porque levou uma multa em um radar que nem imaginava estar ali. Bem, todo mundo menos eu, que não tenho vergonha na cara nem carteira, mas este não é o ponto. Se você já passou por isso, saiba que agora existe um site que pode ajudar bastante a evitar esta situação desagradável: MapaRadar.

maparadar

O MapaRadar é um mashup para o GoogleMaps que permite a inclusão de informações sobre radares no Brasil inteiro. E o melhor de tudo é que além de gratuito, está sempre em atualização já que é mantido por toda a comunidade de pessoas que odeiam levar multas. Exatamente, se você sabe onde tem um radar em sua cidade, basta colocá-lo no mapa para mais ninguém cair nesta pegadinha.

Ele foi criado pelo Israel Rodriguez, um ótimo programador que ficou com muita raiva quando descobriu que o DER-SP simplesmente não informa a localização de radar algum.

radar
Não deixe ele te pegar

Sempre vale lembrar que o MapaRadar é simplesmente para referência e que não deve ser utilizado para burlar as leis de trânsito brasileiras. Saiba o limite de velocidade dos radares em seu caminho e não faça como o Igor, que levou uma multa porque achou que o limite no local era de 80km/h.

E aí, que tal ajudar a aumentar os radares desta lista?

MapaRadar [dica do Gabriel Lana, que me colocou em contato com o Israel e eu demorei duas semanas pra publicar]

Crianças na internet

Publicado em 13/11/2007 por Igor Barbosa

crinacanet.jpgÉ cada vez mais comum ver crianças bem novas navegando na internet, o que é otimo! Assim elas têm acesso à informações e abrem suas cabeças para o mundo muito mais cedo. Vale à pena lembrar algumas dicas para que essas figurinhas tenham um acesso seguro e que você fique tranquilo com a situação:

  1. Gaste tempo com seu filho(a) na internet
    Navegar na internet com seus filhos é bom começo para mostrar conteúdos legais e educativos, dessa forma pode mostrar para eles o que a rede tem de bom para oferecer. Uma boa dica é começar pelo o site dos canais de tv infantis e desenhos favoritos dele, além de site de jogos educativos[bb].
  2. Estabeleça Limites
    Navegar é ótimo, mas é preciso ter limites. Faça um acordo com os pequenos quanto ao tempo de uso da internet. Lembre-se que é sempre bom dividir as atividades, ficar muitas horas na frente de um PC não é saudavel e não substitui um domingo empinando pipa e jogando bola[bb] no parque.
  3. Atenção aos Chats
    Conversar na internet pode ser um ótimo lugar para seus filhos fazerem amigos e compartilharem interesses, no entanto tudo deve ser muito bem supervisionado. Pergunte para garotada com quem andam conversando e sobre o que. Intervenha sempre que julgar necessário e explique que há certas coisas que não conversamos na internet.

É uma tarefa complexa e pode ser longa, mas nada o impede de buscar ajuda. Hoje em dia existem softwares[bb] que ajudam a controlar por onde seus filhos navegam.

Para os sortudos usuarios do Firefox existe o Glubble, uma extensão 100% gratuita e fácil de usar.

Ainda existe o Naomi que faz o mesmo serviço e é na realidade um software gratuito que você instala no seu computador para poder monitorar e limitar aquilo que é permitido.

Lembre-se, no final das contas é tudo uma questão de quanta atenção você dá ao seu filho.

Acesso Remoto Rápido e Fácil

Publicado em 9/11/2007 por Pedro Villalobos

image

De vez em quando eu dou uma força na configuração do PC de um amigo, ou resolvo um pepino no da minha vó. Nesses casos, em especial o segundo, um programinha muito prático é a minha melhor opção, o ShowMyPC.

O ShowMyPc é um servidor/cliente de VNC com autenticação segura e tudo o mais. Mas sua grande vantagem é a simplicidade de operação, tanto no cliente, quanto no servidor. Vamos à um exemplo:

Minha vó me liga e diz que o computador dela está dando uma mensagem estranha, ela não sabe o que é, xinga o pobre do pc e quer que eu vá até lá consertar.

O problema é que eu estou terminando um trabalho e não tenho a menor condição de sair de casa na hora, o que fazer?

Eu: Vó, abre o Internet Explorer e vai em s-h-o-w-m-y-p-c-ponto-com.

Vó: Tá bom, calma! Pronto, entrei. Ai meu Deus! Tá tudo em inglês!

Eu: Calma vó, tá vendo esse tanto de desenho no meio da tela? Na primeira linha não tá escrito “Xou mái pêcê tu remóte uzer” (abrasileirando o show my pc to remote user)?

Vó: Cadê? Ahhhh achei e agora?

Eu: Clica nesse texto e na janela que abrir clica em Abrir.

Vó: Pronto, agora apareceu um aviso de segurança.

Eu: Clica em ABRIR.

Vó: Abriu outra janela.

Eu: Tá bom, olha o primeiro botão que tem nela: “Xou mái pêcê tu remóte uzer“, clica nele e deposi de 5 segundos vai aparecer ao lado escrito PASSWORD, me fala o que tem na caixinha na frente dele.

Vó: Cliquei………….. nossa, que demora. Pronto, o password é 24XX2-4X79XXX0.

Eu: Vó, agora assenta e não se assusta não, eu vou entrar no seu computador pra ver o que tá acontecendo, tá?

Com um diálogo tão grande, pode parecer complicado, mas é só baixar, clicar e falar a senha. Eu no meu computador clico em View a Remote PC, digito a senha e pronto, em alguns segundos a tela do computador da minha avó está na minha frente e eu tenho acesso total!

Você pode usar ele para dar manutenção em uma máquina que esteja distante na rede, em um cliente nervosinho, ou no computador da sua querida avózinha. É possível também enviar o programa por e-mail e obviamente, ele é gratuito!

ShowMyPC

Bloqueie sites inúteis

Publicado em 8/10/2007 por Pedro Villalobos

site_bloqueado Muitas vezes queremos trabalhar no computador, mas diversos sites acabam chamando nossa atenção e quebrando a rotina. Não interessa se é o Orkut, Facebook ou mesmo o e-mail pessoal que você olha compulsivamente. É preciso parar!

Como a disicplina é a parte mais difícil nesses casos, podemos bloquear o acesso a esses sites temporariamente de forma simples, usando o arquivo Hosts do Windows.

Vamos começar abrindo o arquivo. Vá até a pasta c:/windows/system32/drivers/etc e você irá encontrar um arquivo sem extensão, chamado apenas hosts. Clique com o botão direito nele, escolha abrir e use o Bloco de Notas para editá-lo.

Na última linha, iremos encontrar algo como:

127.0.0.1 localhost

Agora vamos acrescentar os sites que queremos bloquear, na linha abaixo dessa, escreva:

127.0.0.1 orkut.com www.orkut.com facebook.com www.facebook.com hotmail.com www.hotmail.com

Todos os sites que você quiser bloquear, basta coloca o endereço nessa mesma linha e depois salvar o arquivo.

Agora, ao tentar acessar qualquer site bloqueado, você terá uma mensagem de erro.

Podemos usar esse método para um bloqueio temporário, como por exemplo no horário de trabalho e ao terminar nossas obrigações, precisamos apenas abrir o hosts e acrescentar um # antes da linha e salvar:

#127.0.0.1 orkut.com www.orkut.com facebook.com www.facebook.com hotmail.com www.hotmail.com

Isso irá desativar essa linha de comando.

Também podemos usá-lo para bloquear alguns sites permanentemente, como sites de conteúdo adulto.

Fica a seu critéiro quais sites serão bloqueados e se isso será permanente ou não. O importante é não se distrair quando quiser trabalhar!

Próxima Página →