Use a diferença como ferramenta

Use a diferença como ferramentaTodos nós passamos por fases em que achamos que somos incapazes de algo. Ficamos pensando que determinadas características nos limitam, quando na verdade elas podem nos diferenciar. É exatamente isso que vemos na Lisa Bufano, uma dançarina que não tem parte das pernas e das mãos. Nada disso a impede de ser uma exímia dançarina e extremamente celebrada mundo afora. Outro caso interessante é o do corredor Oscar Pistorius, que está lutando para poder competir nas Olimpíadas convencionais.

O segredo de ambos é exatamente o que já foi dito, eles usam suas particularidades para terem destaque. Então porque não fazemos o mesmo? Eu adoro conhecimento, procuro tudo sobre todos os temas sempre que tenho oportunidade, dando vazão a essa característica, escrevo sobre temas muitas vezes estranhos ao meu cotidiano, mas colocando uma visão particular (e espero que nova) na maioria das vezes.

Reflita sobre isso, quais suas características mais incomodas que podem se transformar em um diferencial? Se chegar a uma conclusão, comente!



Pedro Villalobos - 11/06/07


4 Comentários

  1. Pingback: Paxil.
  2. Opa Silvio, obrigado =) Quanto a sermos parentes, pode até ser que sim. Meu Villalobos vem do Chile e o seu?

  3. Silvio José Villalobos Martins disse:

    Olá Pedro, gostei muito desse texto, acho que tem muito para ajudar a refletir…, tb gostaria de saber se não somos parentes, obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *