Bume vale a pena? Veja a comparação com o Gerenciagram

Bume vale a pena? Veja a comparação com o Gerenciagram

Estar no Instagram pode ser considerado obrigatório para a maioria das empresas. De modo geral, é uma rede que alcançou 1 bilhão de usuários e que tem potencial de engajamento 10 vezes maior do que o Facebook e 84 vezes maior que o Twitter. Além disso, a interação do público com empresas, diariamente, ultrapassa a marca de 80% dos usuários da rede.

Sabendo desses dados, dá para entender porque estar no Instagram é tão importante. Então, se você quer ser um digital influencer ou obter melhores resultados pelo seu Instagram, sabe que a automação é a principal aliada neste processo. Essas ferramentas aumentam o número de seguidores engajados em seu perfil e as demais funções ajudam a elevar e qualificar o seu alcance e a vender mais. No entanto, o resultado obtido por uma ferramenta ou outra pode variar muito.

Para você não errar na escolha da ferramenta ideal, fizemos este conteúdo para diferenciar duas grandes ferramentas de automação: Bume e Gerenciagram. Elas são as mais usadas, mas possuem diferenças importantes.

Leia este conteúdo até o final, onde colocamos as principais diferenças de uma para a outra e escolha aquela que vai trazer o resultado que você espera.

Quem deve usar o Bume e o Gerenciagram?

Bem, os objetivos de ambas as ferramentas são semelhantes. Consultando os sites de ambos, verificamos que, enquanto a Gerenciagram reforça em sua comunicação a utilidade para lojas, celebridades bandas, agências de marketing e restaurantes, o Bume se classifica de forma mais ampla. Além desses, também é indicado para profissionais liberais,  empresas de todos os tamanhos, influenciadores digitais e agências, por exemplo.

Bume - Dashboard de Informações

Dashboard de perfil do Bume

Essa é a primeira diferença, mas citaremos outras ao longo deste conteúdo, para você conseguir definir qual é a melhor para sua empresa.

Quais são as diferenças?

Veja as semelhanças e diferenças para as funcionalidades principais de cada uma das ferramentas.

Interações

A forma como uma ferramenta faz a interação é importante, porque, se mal planejada, pode provocar o bloqueio da sua conta. Isso porque o alto número de ações (seguidas, curtidas, outros) pode ser considerado como spam pelo Instagram. Por isso, as duas ferramentas possuem estratégias para evitar esses problemas.

No Gerenciagram temos 4 velocidades de ação disponíveis: iniciante, normal, rápido e turbo. Quando você seleciona uma delas, há recomendações sobre como ajustar a ferramenta para a sua conta.

Já no Bume, as 3 velocidades disponíveis são: normal, rápida e super rápida. Elas já são previamente determinadas de acordo com o número de seguidores que o seu perfil possui: de até 400, de 400 a 600 e a partir de 600, respectivamente.

Dashboard do Gerenciagram

Dashboard do Gerenciagram

No geral, o Bume traz mais seguidores porque, mesmo trabalhando abaixo do limite diário do Instagram, consegue interagir a uma velocidade maior que o Gerenciagram.

A ferramenta também possui a opção de usar a velocidade automática, onde o próprio Bume faz a classificação de qual velocidade aplicar às ações para ganhar seguidores, de acordo com as características do perfil que a contratou.

O Gerenciagram promete de 45 a 230 novos seguidores por dia. O Bume, de 50 a 200, dependendo da qualidade do conteúdo do seu perfil.

Público-alvo

O Bume e o Gerenciagram funcionam a partir de referências inseridas pelo cliente, sendo que ambos permitem segmentar o público por perfis na rede social, localização e hashtags.

Um ponto que o Bume ganha é a questão de filtro no público-alvo. Através de palavras-chave você pode determinar que a ferramenta só irá seguir perfis com determinada palavra-chave no nome do usuário.

Caso você queira interagir somente com médicos, por exemplo, pode filtrar por nome de usuário que contenham palavras como dr, dra, doutor e doutora.  

Filtros para conta no Instagram

Existe o filtro que permite classificar qual é o gênero da maioria do seu público de interesse. Essa funcionalidade está presente no Bume e no Gerenciagram. É útil para negócios cuja segmentação tem predominância em um gênero, como lojas de roupa.

Além disso, um grande diferencial do Bume é optar por seguir apenas perfis pessoais ou perfis comerciais e pessoais. Para quem vende somente para pessoa física, é um bom atributo.

Envio de Mensagem Direta

Gerenciagram e Bume permitem que mensagens diretas automáticas sejam enviadas para os perfis que começam a te seguir no Instagram.

Mas apenas o Bume possui a funcionalidade de enviar as mensagens diretas automáticas também para seus seguidores antigos. Essa função faz muito sentido para divulgar promoções, materiais, eventos e qualquer comunicado de interesse do seu público.

Lista segura

A lista segura é um recurso que está presente nas duas ferramentas. Por ela é possível definir perfis que você nunca irá seguir e aquelas que você nunca irá deixar de seguir.

Agendamento de posts

Ambas as ferramentas permitem agendar posts e stories. Esse é um recurso ideal para trabalhar as estratégias de acordo com os melhores horários para cada tipo de publicação.

Porém, somente o Bume permite colocar o link no story caso você tenha mais de 10 mil seguidores.

Relatórios

Ambas as ferramentas oferecem relatórios para acompanhamento do desempenho da conta ou das contas que estão cadastradas. Além do desempenho da conta de modo geral, também é possível ver a conversão das referências.

A diferença entre as ferramentas, é que enquanto o Gerenciagram oferece um resultado consolidado a todas as ações realizadas pela ferramenta em todas as referências, o Bume especifica o resultado por cada perfil selecionado. Então, é possível analisar quais destas referências têm uma melhor performance, qual deles deveriam ser substituídos e otimizar ainda mais os resultados.

Teste grátis

Apesar de serem ferramentas bem parecidas quanto às funcionalidades, o valor sofre uma diferenciação maior do que os outros itens já citados até agora. Tanto o Gerenciagram quanto o Bume oferecem o teste grátis de 5 dias. Existe uma diferença entre os dois testes no que diz respeito ao início.

O teste do Bume só inicia depois que a conta do Instagram for vinculada e as três primeiras referências forem incluídas. Já o teste do Gerenciagram inicia a partir da data do cadastro, ou seja, mesmo sem ter qualquer ação feita na sua conta, o seu teste pode expirar.

Conheça o Bume e teste grátis por 5 dias.

Vale a pena dizer que no Bume há um teste grátis para cada nova conta adicionada na plataforma, o que é ideal para agências e empresas de marketing que precisam entregar resultados para os clientes. No entanto, o Gerenciagram só permite um teste por cliente, não importa quantas contas você precisa adicionar.

Avaliação Reclame Aqui

Esse é um outro quesito fundamental a analisar antes de contratar uma das ferramentas. No Reclame Aqui, o Gerenciagram obteve cerca de 146 reclamações em um ano e possui nota média de 4,65 pontos. A maioria das reclamações estava relacionada a problemas de pagamento, reembolso e erros na ferramenta.

O Bume teve um total de apenas 12 reclamações, no mesmo período e não foi gerada uma nota geral, ainda, pelo site Reclame Aqui. Os problemas relatados foram sobre a dificuldade de desativar a ferramenta a partir do período de testes.

Suporte

O Bume é considerado a empresa de automação do Instagram com o melhor suporte do mercado brasileiro. Realizamos um teste de tempo de resposta no atendimento em ambas as ferramentas e o resultado foi favorável ao Bume. O tempo de resposta no Bume foi em 2 minutos e meio, enquanto que no Gerenciagram foi de 20 minutos.

E como a avaliação do Reclame Aqui pode comprovar, o Gerenciagram um atendimento pior do que o Bume.

Preços

O Gerenciagram tem o plano mensal no valor de R$ 89,00, um trimestral de R$ 185,00 e a assinatura anual no valor de R$ 718,86. A diferença entre os planos, além do período e do valor, está na disponibilidade de recursos. O suporte via WhatsApp e o relatório de gerenciamento estão disponíveis apenas nas contas trimestrais e anuais. Para as opções de contas mensais, cada conta do Instagram que for gerenciada, a partir da segunda, tem um custo adicional de R$ 50,00.

Enquanto isso, o Bume oferece o plano mensal no valor de R$ 79,00, um trimestral de R$ 177,00 e o semestral que fica R$ 294. A única diferença entre os planos está no prazo e no valor. Todos os recursos e funcionalidades da ferramenta estão disponíveis para qualquer tipo de plano.

O Bume também oferece condições diferenciadas para quem possui mais de uma conta do Instagram para gerenciar. No caso de clientes entre 2 a 5 contas, cada uma sai a R$49,00 e a medida que a quantidade de contas for subindo, o valor de cada uma cai.

Bume vale a pena? Qual é o melhor?

Essa resposta depende do que a sua empresa precisa e sua estratégia. Dada a comparação deste artigo, temos o diferencial de valor, relatórios e funcionalidades para o Bume. Mas o mais importante é conseguir identificar, entre as características e funcionalidades, qual delas mais se encaixa na sua estratégia.

Por fim, podemos reforçar que a automação no Instagram é fundamental para quem deseja obter resultados significativos na rede. Da mesma forma, é preciso saber escolher bem qual a ferramenta certa para ajudá-lo nesse objetivo.



Pedro Villalobos - 03/10/18


1 Comentários

  1. xman disse:

    Sim, eu ainda sigo seu blog, e muito obrigado, excelente artigo!

    xman

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *