A Luta pela Sobrevivência

ampulheta Não importa se você acredita na teoria da evolução de Darwin ou ate mesmo no mito de Adão e Eva, uma coisa é certa, em ambos os casos os seres humanos tiveram que lutar pela a sobrevivência.

Mas Porque lutar pela sobrevivência? Devido à escassez, a natureza limitada dos recursos da sociedade.

Podemos considerar os recursos econômicos como diferentes coisas. Em minha opinião, entre os mais valiosos está o Tempo, que é escasso por vários motivos: O primeiro eu diria que se deve ao fato de não ser extensível, ou seja, o dia só tem 24 horas. Não podemos alongar isso e nem voltar atrás e recuperar uma hora perdida,assim como não podemos guardar uma hora e usá-la mais tarde.

Ainda contamos com o fato que usamos nosso tempo para atender nossas necessidades e vontades. Outros Recursos econômicos escassos e simples de exemplificar são todos aqueles Não Renováveis: o petróleo e minério de ferro, por exemplo.

Alguns pontos interessantes que podemos levantar partindo dessa linha lógica de raciocínio são:

– É possível parar de consumir?
– Como usar o recurso econômico X de melhor maneira?
– Isso demonstra a inviabilidade da Terra?
– Como cidadãos devemos refletir sobre isso?
– Qual outro animal danifica tanto a Terra como o ser humano?

Segundo a definição proposta por Lionel Robbins, a economia lidaria com o comportamento humano enquanto condicionado pela escassez dos recursos: a economia trata da relação entre fins e meios (escassos) disponíveis para atingi-los.

Para lutar pela sobrevivência, os homens da caverna se reuniram em grupos, assim aumentavam as suas chances de sobrevivência. Em grupo os seres humanos se tornavam alvos mais difíceis para predadores e caçadores mais mortais. Com isso, fica claro o motivo do humano ser um animal social.

O fato de sermos animais sociais permite o que é vital em nossa sociedade: A divisão de tarefas. Ela permite diminuir o encargo sobre o individuo, aumentando assim as chances de bons resultados e a probabilidade de sobrevivência do grupo social formado. Mas para dividir a tarefa é necessária a escolha da mesma, podendo ela ser democrática, ditatorial, patriarcal, matriarcal, etc. No entanto, esbarramos em um problema quanto à essa divisão: a natureza humana, o que é facilmente explicado com a fábula da cigarra e da formiga:

Tendo a cigarra cantado durante o verão,
Apavorou-se com o frio da próxima estação.
Sem mosca ou verme para se alimentar,
Com fome, foi ver a formiga, sua vizinha, pedindo-lhe alguns grãos para agüentar
Até vir uma época mais quentinha!
“Eu lhe pagarei”, disse ela,
“Antes do verão, palavra de animal,
Os juros e também o capital.”
A formiga não gosta de emprestar,
É esse um de seus defeitos.
“O que você fazia no calor de outrora?”
Perguntou-lhe ela com certa esperteza.
“Noite e dia, eu cantava no meu posto,
Sem querer dar-lhe desgosto.”
“Você cantava? Que beleza!
Pois, então, dance agora!”

La Fontaine

É da natureza humana, todos têm em um pouco da formiga e um pouco, ou muito, da cigarra. Se existe alguém que pode fazer o serviço por nós e sem perdemos nada com isso, não reclamaremos e nem faremos nada para evitar. É devido à essa Natureza Humana, que existem controles sociais na nossa sociedade econômica, controles esses que serão abordados no próximo artigo.



Igor Barbosa - 13/08/07


8 Comentários

  1. Vitor S R disse:

    Amigo q escreveu isso ai, quero te dizer que o Senhor Deus irá nos julgar conforme nossas obras e nesse dia vc não poderá “lutar pela sua sobrevivencia” porque ele estará com sua vida nas mãos dEle! Talvez vc ñ entenda como foi a criação do homem, assim como não entende que Jesus Cristo veio para te trazer salvação. Mas espero q o mais breve possivel, vc possa entender as coisas do Reino Celestial atravez do Espirito Santo.

  2. Vick-vc disse:

    muito bom, achei o ponto de vista amplo, apesar de ser um texto pequeno

  3. Mikedouglas disse:

    sego..

  4. Mikedouglas disse:

    mito ?… babaca

  5. tutty disse:

    tudo desintressante!!!!!!

  6. Marcelle disse:

    nao achei nada interesante .:@

    1. Lucas-147gato disse:

      nem eu lezera do CARAI@

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *