O que aconteceu com o Isso Mesmo?

O que aconteceu com o Isso Mesmo

Quando comecei o Isso Mesmo em 2007, junto com o Igor, queria uma ferramenta para me ajudar a entender a comunicação digital, na época estudava publicidade – que abandonei logo que comecei o blog por perceber que aprenderia mais aqui – e tinha assistido, havia pouco, tempo uma palestra do Edney (famoso Interney) falando sobre a profissionalização dos blogs. Era isso que eu queria, entender o mercado digital estando dentro dele.

Com um ano de Isso Mesmo, muitos eventos e novos amigos, fui convidado à ser sócio de uma empresa, a Blue Box. Lá foram-se alguns anos, depois sai, fundei uma startup e fui participar do Startup Chile, ela não deu tão certo e voltei, hoje trabalho no Méliuz.

E nesse tempo todo, eu não estava escrevendo quase nada. Só revisando conteúdo ou escrevendo de forma mecânica, profissional mas sem prazer nenhum.

Isso me incomodava, eu adoro ensinar coisas, comentar e procurar novidades. O mundo estava passando e eu estava ficando para trás.

Plataformas legais e interessantes começaram a parecer um pouco complicadas para mim, criar um vídeo de sucesso no YouTube hoje é muito mais difícil do que era há 5 anos, uma fanpage legal no Facebook agora precisa de conteúdo e dinheiro. Falar pouco ficou tão irrelevante que o Medium surgiu para extender o conteúdo que postávamos no Twitter.

Então eu decidi voltar. Num belo sábado à tarde, entrei no blog e removi aquele tema antigo, um visual datado, que já me incomodava há muito tempo. Exportei todos os emails que já comentaram por aqui ou que assinaram meu feed e decidi falar com eles. A resposta foi incrivelmente positiva, apesar de não postar praticamente nunca, as pessoas ainda se lembravam daqui smile

Graças à capacidade técnica e boa vontade da namorada – que é fantástica, você devia fazer seu novo site com ela -, também posso apresentar agora um novo visual, mais moderno e organizado, com muito menos categorias, que ainda precisam se organizar mais e sem anúncios.

A ausência de anúncios é algo importante para mim agora, trabalho com eles o dia inteiro e preciso de um refúgio onde não pulem na minha cara. Se for pra anunciar algo, que seja relevante e não poluente, que seja legal.

O Isso Mesmo está de volta, pelo menos enquanto a inspiração e o tempo permitirem. Tenho algumas idéias: vídeos, entrevistas, tutoriais mais aprofundados e menos links (somente os realmente legais).

Se você leu até aqui e quiser mandar uma sugestão ou pedido de conteúdo, deixe um comentário ou entre em contato pelo fale conosco, vai ser bacana ter mais gente ajudando nisso.



Pedro Villalobos - 11/09/14


3 Comentários

  1. Bem-vindo de volta Pedro! :)
    Eu também comecei meu site na mesma época que você. Vou divulgar a promoção do Méliuz!

  2. Sophia Coelho disse:

    Mas ainda nem está pronto =x

  3. mgl disse:

    absolutamente sensacional =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *