Você apaga histórico do navegador?

Você apaga histórico do navegador?

1. Você é do tipo que se preocupa em apagar o histórico de seu navegador caso alguém use seu Desktop, Notebook ou Smartphone?

2. Você tem uma conta Google, como o Gmail?

Se respondeu sim para as duas, tenho uma notícia para você: preocupe-se mais com a sua senha e a segurança da sua conta do que com seu histórico do navegador.

 

Para os calejados em Google, não é nenhuma novidade. Para quem usa só um ou outro aplicativo talvez seja: o Google mantém histórico de seus acessos, buscas, vídeos vistos, interesses e mais algumas informações que talvez deixem alguns usuários de cabelo em pé.

Particularmente, acho essa funcionalidade muito interessante e realmente útil. Mas isso porque sei despistá-lo de conteúdos que não quero associados à minha conta. Como desenvolvedora, trabalhando para clientes dos mais diversos ramos de atividades, às vezes tenho de realizar buscas insólitas. Nem queiram saber.

 

Como posso achar isso útil? Bom, primeiro que se eu realizei uma busca dias atrás que me retornou bons resultados, mas não me lembro o termo que usei, posso acessá-la de novo. Assim como sites visitados há meses, ou vídeos vistos, sem que eu tenha que manter esses dados armazenados nos meus dispositivos.

Porque o Google mantém esse histórico? Os seus interesses e localização são relevantes para os resultados de busca. De acordo com o que você costuma ver e onde você está, o Google oferecerá resultados diferentes.

Por exemplo: você é de São Paulo e realiza uma busca por “pizzarias”, sabendo sua localização, o Google te oferecerá os sites de pizzarias próximos a você. Se você viajar para Curitiba e fizer uma busca pela mesma palavra, ele te retornará pizzarias em Curitiba, não em São Paulo. Essa não é a única funcionalidade, mas é uma das mais legais.

Se você, como eu, precisa esconder algumas buscas para que não sejam vistas como de seu interesse, pode ativar o modo privado de navegação do browser. Esse modo, por definição, não guarda qualquer dado nem permite a criação de cookies no seu dispositivo. Em outras palavras, o Google não saberá que é você (seu cônjuge também não tongue ).

Quer dizer que pode aprontar na web à vontade? Não! Quer dizer que o Google não sabe o seu nome ou seu email, não que seu provedor de internet não saiba por onde você tem andado. Esses sabem tudo, ou quase, mas não vou entrar no mérito. Nada para se preocupar de qualquer forma, sua namorada vai precisar de uma ordem judicial para ter acesso a essa lista.

 

Os seus interesses, de acordo com seus acessos, e o histórico registrado pelo Google, pode ser editado, visualizado e apagado acessando o Painel Administrativo de sua conta Google.

Eu já vi muitos artigos falando de conspiração e blablabla pelo fato do Google ter seus dados de localização. Contudo, isso pode ser desabilitado, assim como o rastreio da Apple. Não há conspiração alguma e é realmente muito útil que alguém saiba onde você está em casos extremos ou quando você perde o celular. Você não esperava que o Find My iPhone ou o Android Device Manager funcionassem por mágica, não é?! Se você usa GPS também não pode reclamar.

Se você se incomoda com isso, deveria saber que não é o único meio de saber onde você está. Se você estiver usando wifi ou simplesmente usando a rede de telefonia, sua operadora já pode saber sua posição. Isso permite que pessoas sequestradas possam ser encontradas ou, pelo menos, se tenha uma ideia de seu trajeto antes de seu celular ser desligado.

 

Mas, voltando ao Google, onde você pode ver, alterar ou remover as informações guardadas?

 

Se você já está logado no Google, simplesmente clique aqui: https://www.google.com/settings/accounthistory

Se não:

1. Faça login na sua conta, pelo Gmail ou qualquer aplicativo Google, pelo Desktop.

2. Clique em seu avatar (sua foto, no cantinho de cima) e selecione “Conta”, ou “Account”.

3. Selecione a opção “Histórico da conta”, ou “Account history”.

4. Respire fundo e não se assuste:

Google Account History

5. Voilà: todos os seus dados! (Se assustou com os gráficos?)

Gráficos do Google Account History

6. Dê uma “voltinha” pelo menu à esquerda e tente não surtar.

 

“Ai, caramba! Como saio dessa?”

Quer que o Google pare de guardar tantas informações sobre você?

 

Simples. Na primeira imagem, ao lado de “gerenciar histórico”, você deve ter notado a opção “Pausar”.
Vá em frente e clique nela. O Google vai te exibir alguns avisos, como este abaixo:

Pausar Histórico do Google

Você pode pausar todos os serviços, clicando em “Pausar” para todos eles, ou somente os que te deixam preocupados. Você é quem sabe. Eu deixo os meus todos ativos. Para compensar eu tenho super-senhas wink

 

Desativar anúncios do Google

 

Nos seus dados também estão registrados os interesses com base nos sites que você acessa. Nada para se preocupar, mas você pode desativar os anúncios do Google baseados nesses dados.

Aqui está como fazer:

1. Na tela da imagem 1 que postei acima, você verá a opção “Anúncios >  Editar Configurações”

Seus interesses registrados na Conta Google

 

Como verá, o Google provavelmente sabe seu gênero pelas configurações do seu Google+, mas pode lhe atribuir outro com base em suas pesquisas. (Acima, você pode ver meu problema de gênero angry ouch!)

Para desativar os anúncios do Google com base em seus dados, você tem ali as duas opções de “desativar”. A primeira com base nos interesses que você demonstrou ter usando o Google e suas ferramentas, e, a segunda, com base nos seus acessos por toda a web.



Sophia Coelho - 26/09/14


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *