Nunca mais envie um E-mail que Não Queria

Publicado em 7/10/2008 por Pedro Villalobos

Todos nós as vezes abusamos um pouco e acabamos por enviar e-mails que depois vão causar algum problema. Seja aquela vez que você bebeu um pouquinho demais, ou simplesmente uma madrugada um pouco mais estressante. Mas os engenheiros do Google decidiram acabar com isso.

Foi anunciado hoje o Mail Goggles (Óculos para o Gmail), um sistema de verificação de sobriedade sanidade certeza de que você quer enviar aquele e-mail de madrugada.

Screenshot_2008_10_07_09_09_31

Para ativá-lo, vá até a configuração de sua conta no Gmail e na aba LABS ative a opção Mail Goggles. Sua ativação só está disponível para quem usa o Gmail em Inglês, mas após ativá-lo, você pode voltar seu idioma para português que ele funcionará normalmente e traduzido.

Nas configurações é possível definir em quais dias da semana e horários você irá ter que responder alguns cálculos matemáticos para enviar seu e-mail, além de também configurar a dificuldade destes cálculos (O Igor provavelmente vai escolher o nível 11 de 10 :P).

A idéia é simples e muito legal, com certeza vai me ajudar a não enviar mais e-mails quando estiver bêbado cansado no final do semana. Infelizmente só funciona no GMail, mas provavelmente existem opções interessantes para quem usa o Outlook também.

Mail Goggles [GMail Blogs]

Chrome – A magia do Google Agora nos Navegadores

Publicado em 2/09/2008 por Pedro Villalobos

Ontem no meio da tarde fiquei sabendo por acaso que a Google lançaria um navegador hoje. Parecia uma grande burrada, levando em conta a quantidade de navegadores por ai, mas parece que eles uniram o melhor de vários e criaram o Google Chrome.

google_chrome

Hoje fiquei boa parte da manhã lendo sobre ele e babando nas funcionalidades bacanas que ele teria, em consequência disso, de hora em hora procurava na web para ver se havia saído alguma informação nova ou se o download estava disponível. Tão logo apareceu o link, baixei ele e o resultado não podia ser melhor:

O Google Chrome é um navegador MUITO rápido, ele renderiza as páginas como nenhum outro e seu sistema de abas em processos separados torna a navegação muito mais estável.

Por enquanto vou babando apenas na velocidade dele, quem sabe com mais algumas horas de uso não tenho outras impressões?

Se quiser acompanhar o que outras pessoas estão falando agora sobre o Google Chrome, dê uma olhada no Twitter com a tag #chrome.

O Google Chrome é gratuito, totalmente open source e você pode fazer o download agora em mais de 100 línguas diretamente no site oficial.

Dominando as Buscas – Parte 3

Publicado em 14/09/2007 por Pedro Villalobos

Bem, na última parte dessa série vou falar um pouco sobre algumas funções um pouco desconhecidas do Google e outros métodos mais complexos de pesquisa.

Diga ao Google o que você quer

Além do filetype: que eu citei ontem, existem várias outras opções de pesquisa rápida no Google. Algumas delas são:

- weather:cidade Mostra as condições climáticas de várias cidades e links para sites específicos sobre o tempo na cidade desejada.

- movie:nome do filme (preferencialmente em inglês) Vai fornecer horários dos principais cinemas de sua cidade (ainda não disponível no Brasil) e críticas escritas sobre o filme.

- music:”artista” Digitando o nome do cantor(a) ou banda que você quiser, é possível encontrar várias informações como: músicas para download ou compra, dados sobre os álbuns lançados e muito mais. Se o artista que você pesquisa possui mais de um nome (ex.: Nine Inch Nails) use as aspas duplas para que só retornem resultados com o nome completo.

- define:palavra Esse é um dos meus favoritos ele lhe dá a definição da palavra procurada na língua em que você a escreveu. Além disso, também oferece outras opções de palavras relacionadas e em outras línguas.

- related: endereço.com.br É usado para encontrar páginas que segundo o Google tem alguma relação com a página pesquisada. Uma busca por related: issomesmo.com retorna resultados variados como um antigo fotolog, videos do YouTube feitos ou linkados por nós dentre outras coisas.

- site:endereço.com.br Esse último é usado juntamente com as palavras à serem pesquisadas, assim como o filetype:. Ele possibilita fazer uma busca através do Google no site que você especificou.

O Google também entende de dinheiro

Há algum tempo atrás, foi lançado o Google Finance. Na verdade ele não foi realmente lançado, já que ainda é um beta, mas está disponível para quem quiser usar.

Para a grande maioria das pessoas (infelizmente) essa é uma ferramenta inútil. No entanto, ao entrar no mercado de ações e começar a entendê-lo é essencial que além de acompanhar a Bovespa, você também acompanhe a movimentação de bolsas do exterior. É exatamente isso que o Google Finance oferece.

A maior vantagem dele é a facilidade para pesquisar empresas específicas sem saber seu código na bolsa. Ao começar a digitar Microsoft, já aparecem opções para diversas outras empresas com nomes semelhantes. Basta escolher a que você quer e mandar o Google buscar. Segundos depois você irá ver uma tela com todos os dados, gráficos e notícias disponíveis sobre a determinada empresa.

¿Hablas Español?

O Google sim e muitas outras línguas também. Graças à isso, é possível usá-lo como um verdadeiro dicionário. Você já deve ter reparado que quando digita uma palavra de forma errada, aparece a mensagem “Você quis dizer:“. Usando somente esta função ele já serve como um ótimo corretor ortográfico.

Outra função que parece um dicionário é a define: que eu já expliquei como funciona. A grande vantagem de usar o Google, nesse caso, é o poder de ter um dicionário universal nas mãos. Como eu já disse, ele fala várias línguas e isso quer dizer que pesquisa em várias também.

Você pode usá-lo para pesquisar o significado de uma palavra em alemão e em seguida usar o ótimo Google Translate para traduzir aquela explicação para qualquer língua.

Enfim, o FIM

Depois de 3 dias desmistificando um pouco o Google e ensinando estratégias para buscar melhor, você já deve estar pronto para encontrar qualquer coisa. Mas se não conseguir, não faz mal. Deixe um comentário que tentaremos ajudar.

Parte 1Parte 2

Dominando as Buscas – Parte 2

Publicado em 13/09/2007 por Pedro Villalobos

Ontem falei sobre algumas formas simples de efetuar buscas diretamente na página inicial do Google, porém nem sempre ela é o melhor lugar para encontrar algo.

Busca por tipos de arquivo

Uma função interessante do Google é a busca por tipos de arquivo. Com ela você pode buscar arquivos .pdf, .doc, .xls, etc. Para isso basta acrescentar filetype:-extensão do arquivo- nas suas buscas. Ex.: ‘harry potter’ filetype:pdf essa busca irá retornar diversos arquivos PDF que contém as palavras harry e potter.

Também existem técnicas para encontrar álbuns completos para download, bastando usar a palavra chave download junto com o nome do que você procura. Em geral esse tipo de busca funciona melhor no Google Blogs.

Mantendo-se bem informado

Se você deseja encontrar uma notícia nova sobre o escândalo do senado, pode acessar o Google Notícias. Lá você pesquisa por senado e no menu à esquerda pode escolher a data de publicação da notícia. Para uma bem nova, escolha Última Hora, se você quer uma abrangência maior, vá de Último Dia/Semana/Mês.

Muitas vezes queremos um conteúdo menos técnico e com uma linguagem mais prática, além de vários furos e comentários das notícicas na hora em que elas acontecem. Nesses casos é uma boa usar o Google Blogs. Além de ter as mesmas opções de data da publicação, você ainda conta com a opção de definir uma data máxima e mínima para os artigos que quer ler.

Com essa função é possível ler tudo que foi escrito em blogs sobre senado entre o dia 5 de setembro e 30 de agosto de 2007 por exemplo.

Buscas científicas

Outro site interessante, principalmente para pesquisas “escolares” é o Google Acadêmico. Nele estão contidos somente artigos acadêmicos (óbvio, não?) e você pode escolher ver somente artigos recentes. Eles normalmente seguem uma média da data atual até 4 anos atrás, o que é bem recente para pesquisas científicas.

Se o seu interesse é pesquisar em uma biblioteca, o Google também oferece isso no Google Livros. Lá é possível procurar temas e citações em milhares de livros, além de ler o conteúdo completo ou parcial deles (depende da licensa do mesmo). O Google Livros já possui um acervo razoável de livros em português, mas está crescendo mais à cada dia.

Em todos esses sites é possível utilizar os mesmos critérios de pesquisa que foram ensinados na primeira parte deste artigo.

Na terceira e última parte, irei dar exemplos de buscas mais complexas e vou citar algumas funções pouco conhecidas do Google, como cotações de ações em tempo real e corretor ortográfico.

Parte 1Parte 3

Dominando as Buscas – Parte 1

Publicado em 12/09/2007 por Pedro Villalobos

Que a Internet contém boa parte do conhecimento da humanidade todo mundo sabe. O que pouca gente sabe é como encontrar a informação específica que deseja. Existem diversos métodos e ferramentas para isso, como o que engloba mais informação é o Google, vamos ficar só com ele por enquanto.

Como pesquisar

É importante saber que a forma como você digita na caixa de pesquisa, faz diferença. Algumas das opções são:

- Aspas simples ‘: são usadas quando você quer que diversas palavras chave estejam no documento que você busca, independente da ordem em que aparecem. Ex.: ‘dicas fotografar noite‘.

- Aspas duplas “: são usadas quando você quer procurar uma frase exata. Ex: “como fotografar a noite“.

- Asterisco *: é usado como um coringa ao buscar frases exatas (aspas duplas). É necessário que use um asterisco para cada palavra. Ex.: “como * a noite” retornaria documentos com “como fotografar a noite“, “como sair a noite“, etc.

- Excluir ou abrangir -: o sinal de menos pode ser usado em duas situações. A primeira é para excluir determinadas palavras, sites ou extensões de domínios. Ex.: ‘dicas fotografar noite -profissional‘ excluirá todas os documentos que contiverem a palavra profissional.

Também pode ser usada para excluir todos os resultados de um determinado site. Ex.: ‘dicas fotografar noite -kodak.com‘. Ou resultados de determinados domínios: ‘dicas fotografas noite -.co.uk‘.

A segunda função é usada para aumentar as possibilidades da busca, usando o sinal de menos no final das palavras. Ex.: ‘dicas noite fotograf-‘ retorna para você documentos com as palavras dicas, noite fotografia/fotografar/fotografo, etc.

Definindo o que pesquisar

Outro passo importante é definir como você irá pesquisar. Se está procurando por “receita para fazer arroz no microondas“, vai encontrar somente documentos com essa frase exata. No entanto, se buscar por ‘receita arroz microondas‘, vai encontrar uma variedade maior de documentos.

Outro exemplo prático é quando vamos buscar a letra de uma música. Claro que podemos digitar somente uma frase dela e pronto, mas provavelmente vamos ter mais resultados indesejáveis

Sendo assim, a melhor forma provavelmente seria buscar por: “maria chorando começou a me explicar” ‘mamonas assassinas letra-’. Isso irá exibir sites que contém a frase exata da música, além de conterem as palavras mamonas, assassinas e letra/letras. Fazendo isso você limitará o campo de pesquisa e receberá resultados mais relevantes.

Não se acanhe em excluir palavras para filtrar melhor sua busca, se a sua busca por ‘receita arroz microondas‘ exibiu muitos sites da Globo e da UOL e você não quer nenhum deles, acrescente ‘-*globo.com -*uol.com.br‘ à sua pesquisa e remova todos os sites desses dois portais.

Amanhã iremos ver como e onde buscar determinados tipos de documentos e notícias.

Parte 2Parte 3

Próxima Página →